Nova Monte Verde - Quarta-Feira, 27 Jan 2021
Notícias / Polícia

Postada em 23 de Dezembro de 2020 às 16h02min

Veterinário faz roleta-russa, quase mata cão e tenta estuprar esposa em MT

PM apreendeu ainda duas armas, sendo uma pistola 380 IMBEL e um revólver calibre 38 da marca Taurus.

Texto: Bárbara Sá/RD News
Veterinário faz roleta-russa, quase mata cão e tenta estuprar esposa em MT
Foto: PM-MT
O veterinário, S.L.B., de 53 anos, foi preso após brincar de "roleta russa" com a esposa e apontar a arma para o cachorro da família, no bairro Jardim das Américas, em Cuiabá. O caso foi registrado nesta madrugada (23).

A esposa relatou à Polícia Militar, acionada para atender à ocorrência, que o casal está separado de quartos há 4 anos, após ela descobrir diversas traições. Mas, enfurecido, ele arrombrou o quarto e arrastou a filha, de 24 anos, para fora e se trancou com a mulher sob ameaças. 

De acordo com o boletim de ocorrência, quem acionou a Polícia Militar foi a própria filha do casal. Disse que ela e a mãe estavam trancadas no quarto escondidas do pai que tentava arrombar a porta. Nervosa, ainda disse que o pai estava em posse de duas armas de fogo na casa. 


A guarnição foi até o local com apoio de uma segunda viatura. Os policiais tentaram contato com alguém para que abrisse o portão, contudo ninguém respondia. Os militares então entraram em contato novamente com a filha do casal, para que fosse aberto o portão. A moça conseguiu fazer isso de dentro do quarto. O pai então apareceu e foi questionado sobre as denúncias. 

O veterinário informou que arrombou a porta em "razão da esposa ter perdido a chave do cômodo em que estariam os remédios que ela tomava". Em conversa com a vítima, a mãe relatou que os dois dormem em quartos separados e, na madrugada de domingo (20) para segunda (21), estava dormindo com a filha, quando o esposo foi até o cômodo e retirou a filha para fora do quarto, se trancando com ela. 

Em seguida, em posse de uma arma, ele começou a brincar de roleta russa na própria cabeça e, em seguida apontou, a arma para o cachorro. Assustada, ela tentou intervir e evitar que o veterinário matasse o cão a tiros. Foi neste momento que o homem agarrou o braço da esposa com força, provocando ferimentos.  

A vítima relatou ainda que, durante o tempo em que permaneceu trancada com o veterinário, foi bastante agredida verbalmente e ameaçada de morte caso contasse ou o denunciasse. E que se fizesse isso ia ter mais mortes na família. Já pela manhã, enquanto a vítima dormia sob efeito de remédio, o suspeito foi até o quarto e tentou estuprá-la. O fato não se concretizou, segundo a vítima.

Na madrugada de hoje, quando a Polícia foi acionada, o homem tentava há pelo menos 3 horas arrombar a porta do quarto, causando pânico na mulher e na filha.

Foi a jovem quem acionou os policiais, que deram voz de prisão ao agressor. Ele foi encaminhado para o plantão da Delegacia da Mulher, onde foi autuado.

PM apreendeu ainda duas armas, sendo uma pistola 380 IMBEL e um revólver calibre 38 da marca Taurus. O agressor apresentou porte das armas registrados pela Polícia Federal e pelo Exército. Munições também foram apreendidas.

DICAS IMPORTANTES

Detran-MT orienta sobre cuidados com a segurança e o transporte de bicicleta

Veja mais